Search your favorite song for free

1. Rashid - A Fila Anda (prod. Dj Caique)

Rashid - A Fila Anda (prod. Dj Caique)

DOWNLOAD DA MÚSICA "A FILA ANDA": http://t.co/LbeM5sxX

nothing at of , which is


2. Rashid - Vício (part. Tássia Reis | Prod. Rashid)

Rashid - Vício (part. Tássia Reis | Prod. Rashid)

Música da mixtape "Confundindo Sábios" - Lançamento 24/setembro/2013

nothing at of , which is


3. Rashid - Mil Cairão (Prod. Dj Caique)

Rashid - Mil Cairão (Prod. Dj Caique)

DOWNLOAD DA MÚSICA "MIL CAIRÃO": http://www.mediafire.com/?a8c5mh5vn9o1l14

nothing at of , which is


4. Rashid - Gratidão (prod. Coyote)

Rashid - Gratidão (prod. Coyote)

Produção: Coyote / Baixo: Júlio Mossil / Mix;Master: DJ Caique Download: http://www.mediafire.com/listen/v4cnc3cen2p4dzt/Rashid_-_Gratidão_(prod._Coyote).mp3 GRATIDÃO (Letra) (Entrevista Sabotage) Era um pivete aos 16, em pé desde as 6 Sonhador, porque não? E amanhã tudo outra vez Através, da matemática da vida se narra Ao invés, do 16 assinei 16 barra Pois é... Hoje 10 anos após A rua continua sendo noiz Aos 26, de mão em mão, quantos mil CD vendido? Tipo a Beats by Dre, meu alvo é o seu ouvido E quantos mano perdido Foram salvo pelo som que cê diz ser de bandido? Viu? Roubei sua brisa de novo, é tipo Israel e Palestina Pelo cano ou pelo canto, o fim será platina No brilho da retina, a luz que desfibrila Quando cata cada verso que fuzila, dilata minha pupila Pela plata e pela vila, os vira lata se perfila no front Quem tem um sonho num cochila, meu bom Vejo meu dom como um empréstimo maior Minha missão é aprimora-lo e devolve-lo bem melhor E no meio desse caminho cada vitória não será só minha To costurando nossas vida com essas linha É por cada quebrada sim, por cada mina Pela rapaziada sim, em cada esquina Os manos com seus blunt e os irmão com suas bíblia Cada semblante pede liberdade igual a Líbia Eu? De sol a sol, passando o cerol Quero buscar o que é nosso sem morder o anzol Vamo partir pras cabeça, pras rádio, pros lábios Desde hora de acordar tamo confundindo sábios Aos mestres com carinho cada nota Cartola, Tim Maia, Sabota Abras os olhos, obtenha visão de rua tio Falo de Dina Di, não de Google street view Mil e uma noites com os livro da prateleira Trafico informação e meu produto é de primeira De alma e coração O mundo não quis nem me dar emprego, o Rap me deu uma profissão Por isso gratidão é o que carrego Sabe o que é ser luz pra quem se encontra cego? Desde o santa cruz essa é minha via sacra Cada som é 1 filho, eu faço mais que o Mr. Catra Saca? Eu e meus parça pulamo catraca Deixamo algumas tag numas placa Viemos da plebe pra deixar a nossa marca A tropa de Monark vem contra os monarca Vivendo um sonho, eis o reboliço E voce que tá ouvindo também tem culpa disso Valeu! Por que nada foi fácil pra gente E pra quem pensa isso: "sabe de nada inocente" Vamo em frente, quebrando as corrente Liberdade pra alma, liberdade pra mente Nossa família é crescente Minha mãe me disse: "filho, brilha!" E eu gosto de ser obediente!!!

nothing at of , which is


5. Rashid - Que Assim Seja (Part. Flora Matos - Prod. Casp)

Rashid - Que Assim Seja (Part. Flora Matos - Prod. Casp)

BAIXE A MIXTAPE "QUE ASSIM SEJA" http://www.mediafire.com/?5f1t425259zx8xp

nothing at of , which is


6. Rashid - Nada Pra Ninguém (prod. Dj Caique)

Rashid - Nada Pra Ninguém (prod. Dj Caique)

DOWNLOAD: Link 1 - http://pagsocial.com/d/4TV.aspx (Baixe nesse link para ajudar divulgando nas suas redes sociais) Link 2 - http://www.mediafire.com/?d3c8xkf4k8dfdl5 LETRA: Mais uma história de um pivetinho, gênio da rua Mais um gênio pivete com uma história igual a sua/ Mais um você de qualquer canto em toda calçada Espelho, espelho meu com um reflexo em cada quebrada/ Que sonhava demais Mas não tinha nenhum emprego ou salário aliás/ Desclassificado dos padrões, Nos classificados dos jornais Cansado dos patrões, e seus carros blindados nos sinais/ Cova de leões, a escola num foi nada a mais Aprendeu tudo que sabe ouvindo CDS do racionais/ Que geralmente os fanfarrões, a rua é quem sobe o gás Apenas diferentes começos, mesmos finais/ Sagaz! Nasceu pra dar o troco Tipo uma profecia que se cumpre pouco a pouco/ Cavaleiro do apocalipse, escuro como um eclipse Pra tirar os seus desse sufoco/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se esse é o preço pra sonhar/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se é pra garantir meu lugar/ E eu não devo NADA PRA NINGUÉM! (Repete) E toda noite ele orava aos céus pedindo luz Porque o caminho errado é o que sempre seduz/ Luz, não por ter medo do escuro porque na verdade, é o mal que tem medo da claridade/ Cê sabe, quando se nasce a maldade vem de brinde... É o pacote que esse mundo te oferece/ Se apresse a fim de... Garantir seu passe, a prece de cada mãe é o que faz de seu filho um Messi/ Um Massa, um Martin, um Malcolm Ele decidiu que não se resumiria a ficar atras de um balcão/ Sem plano B pra vida, era SER ou SER Até que viu seu sonho ali acontecer/ Era mestre em desobedecer, imprevisível Um guerreiro de fé , soldado/ Seu sonho era ser feliz, o mundo disse que era impossível E no fim o mundo tava errado!/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se esse é o preço pra sonhar/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se é pra garantir meu lugar/ E eu não devo NADA PRA NINGUÉM! (Repete) As pedras sempre rolam e essa avalanche no final vem pra cima de mim Só que quando pensarem que não, eu volto pra pisar nas flores do seu jardim/ Eu não sei explicar, eu só sei confundir os sábios que já me julgaram e me apontaram Quando ele piscar, olha quem veio pra jantar/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se esse é o preço pra sonhar/ Sabe pq eu vim? Pq eu quero entregar o melhor Nem que eu pague com meu suor Se é pra garantir meu lugar/ E eu não devo NADA PRA NINGUÉM! (Repete)

nothing at of , which is




9. Rashid - Patrão (Part. Tassia Reis)(Prod. Skeeter)

Rashid - Patrão (Part. Tassia Reis)(Prod. Skeeter)

Rashid part. Tássia Reis

nothing at of , which is


10. Rashid & DJ Caique - "Diário de Bordo parte 4"

Rashid & DJ Caique -

Produzida, mixada e masterizada por DJ Caique. Foco na Missão. 2014. DOWNLOAD DA MÚSICA: "Diário de Bordo parte 4": http://mfi.re/listen/zw2re004t4bs094/Rashid_e_Dj_Caique_-_Diario_de_Bordo_part._4.mp3 Baixe a mixtape "Confundindo Sábios": http://www.rashid.com.br/ LETRA: DIÁRIO DE BORDO PARTE IV O ano é 2014 Esse é o quarto capítulo. Querido diário... Esse som representa a volta, revolta Dos farrapos a pinheirinho, barracos do moinho Venho, pique Django livre, num Saara ferrenho Botando o dedo na cara do senhor de engenho Fazendo contas simples, pouca gente entendeu Eu cantei noiz + noiz num mundo de eu + eu Pois bem, escolha o que condiz com seu caráter Que a minha cota é invadir as mente tipo hacker ... Mano, fiz disso meu aproach Meu caderno traz vida ao contrário do death note É o novo clube da esquina, sob a luz alva Função: salvar as vidas que o sus não salva Sou seu incomodo, que num blefa só truca Já fui mosca na sopa, hoje sou cano na nuca É a selva de pedra, num enfeita Lobos a espreita neguim, e o pior, tucanos a direita Pressão, todo santo dia sem recreio Declaração de guerra na sua caixa de correio Boyzão, tirando num é raro Arrasta os médico cubano, mas aqui cês nunca pisaram E meu papel, a lá fidel, é fogo no céu, sou corte no véu Nos mande um Nobel Soldado Michel, zera o carretel, vai Maquiavel Na rua é cruel, é click, clack, blew! Inferno ou céu? Raiz é cordel, e patativa do assaré Protegido na guarda do homem de Nazaré Na fé, sem a mínima confiança nos 'home' Desses que mata nossos adolescente e some Seu racismo grita em orgia Igual essa suástica tatuada na sua ideologia Meu rap vai do amor ao ódio, incorruptível Mas a mira'inda ta no seu sistema desprezível É tipo Sin City, corações num iglu Aqui onde a terra prometida virou xingu A luta segue, parça, num tem pausa Só que sem hashtag, pra vários num é causa Né? Ao combate, pro seu abate minha diss Contra a negligência que gera várias boate kiss O mundo é injusto e a gente não discerne Heróis tipo Mandela vão embora e por aí tem tantos verme Meu caso é sério doutô, grudo no colarinho Deixo os bunda mole em choque, efeito rolezinho Cês diz que o gigante acordo, to só olhano Porque o Rap já ta acordado a miliano E esse tem mais de 140 caracteres É trending topic na rebeldia dos alferes Fere sua carne, e faz seu espírito dizer: concordo! Esse é meu legado... Meu diário de bordo. Fim...

nothing at of , which is


11. Rashid - Virando A Mesa (Part. Daniel Cohen | Prod. Coyote)

Rashid - Virando A Mesa (Part. Daniel Cohen | Prod. Coyote)

DOWNLOAD http://www.mediafire.com/download/jqha8bno9ookyuu/Rashid_-_Virando_a_Mesa_(Part._Daniel_Cohen%3B_Prod._Coyote).rar ______________________________________ RASHID SITE: http://www.rashid.com.br/ FACEBOOK: http://www.facebook.com/RashidOficial TWITTER: http://www.twitter.com/MCRashid CONTATO: [email protected] ______________________________________ VIRANDO A MESA (LETRA) Rashid (Part. Daniel Cohen | Prod. Coyote) Primeiro deram sonhos, depois deram miséria por maldade As margens da cidade, vide comunidade/ Segundo, nos deram a responsabilidade De ter o que eles não tem: a tal da honestidade/ Suave, 'malemá' me ensinaram a ler Juntei letra por letra desse ABC/ Agora escrevo a rota da mudança com calma Minha caneta faz tatuagem na sua alma/ Éramos como nuvens por aqui Hoje somos estrelas, que brilham mais tão prontas pra explodir/ Se preciso for, não prove meu valor Autodidata do método renove seu amor/ O tambor aqui não gira, embala flows A mão pra cima no enquadro agora é mão pra cima nos shows/ Mais não se esqueça Mais importante do que levantar as mão é fazer o povo levantar a cabeça!/ REFRÃO (DANIEL COHEN) Uma hora o jogo vira, não diga que não avisei, que de onde eu venho não existe lei que faça eu me calar... Uma hora a mesa vira, não diga que não avisei, sobre essa terra não existe rei que possa me comandar... Era um moleque sentado na sala, sem futuro Alimentado a fé e torrada de pão duro/ Tão complicado era o mês até o cheque da pensão Fez de mim um aluno com déficit de atenção/ Preces de mãe eram benção, deram diretrizes Num século onde ideais são como meretrizes/ Na rua minhas raízes, Aprendi que a mentira e a covardia é que causam as piores cicatrizes/ Meus olhos são espelhos da minha alma e da sua Meu linguajar é espelho da rua/ Me chame de mal educado Se o sistema educacional é primo daquele outro sistema, tá ligado?!?/ E mesmo assim a gente aprendeu na raça Que não se da murro em vidraça/ Meu jeito pode te assustar Mas a única coisa q eu vou roubar, é sua brisa se você parar pra me escutar!/ REFRÃO Meus manos são, um pedaço de mim por aí Forca pra refazer o que o descaso destruir/ Derrube um Rashid, e surgirão mais 10 Derrube um de nóiz, e surgirão mais 10 vezes 10/ A multiplicação dos fiéis Nossa aliança bem além dos anéis/ Eu não quero caridade, guarde seus merréis só dignidade por onde passarem meus pés/ Vejo guerra como PES e FIFA E nossa mão de obra sorteada por merreca, tipo rifa/ Que os tempos mudem, sério, bro Vim pegar cada corrupto pelo cérebro/ Sem mistério, pô, pelo estéreo, tô compartilhando essa ação Pelos que acreditam e pelos que não/ Por esses eu só posso lamentar Nóiz somos sua maior dor de cabeça e sua cartela de Dorflex não vai ajudar/ REFRÃO

nothing at of , which is


12. Rashid e Dj Caique - Diário De Bordo Part. 3

Rashid e Dj Caique -  Diário De Bordo Part. 3

DOWNLOAD: http://www.mediafire.com/?ev3lqpokujp1fcg LETRA: As grades dos nossos portões, não são tão diferentes das prisões Apenas proporcionam diferentes sensações/ Entre a falsa liberdade e a falta de liberdade Falando nela, quem a conhece de verdade?/ Diga, essa base aqui é lenta tipo o governo, opostos Porém pesada como os impostos/ Me posto, minha função é como dos apóstolos Me apego ao conteúdo enquanto se iludem com rótulos/ Pra ver a verdade nessa terra usei binóculos Nisso eu vi porcos, navios em nossos portos/ Com meus ancestrais expostos a castigo e humilhação Como se houvesse razão pro chicote na sua mão/ Vitória, dos que nos consideram escória, Seus livros mentem, por isso façamos história/ Bora, nossa hora de ter um lugar melhor Não vão apagar com sangue o que escrevi com suor/ Do pior, desapego, minha raiz eu não nego Se preciso, entrego, minha força, meu ego/ Meu lado mais cego, minha Cruz eu carrego Pra ser luz e fazer jus a tudo q prego/ suas mãos trouxeram pregos seus pés trouxeram pregos Hora, de que vale isso agora/ Porque Crucificaram um dos nossos, mas quem indaga Se incomodariam se o crucificado fosse a lady gaga/ Com espírito de mudança, é assim que eu acordo! (3x) Esse é o meu diário de bordo! Sempre no mei' de cada, som que escrevo eu percebo que nao sei de nada E não há rei de nada/ Não aponte pra quem ta na sua frente, Se você, só você, é seu maior concorrente/ Nesse mar de gente quantos truta já viraram isca ... A grande maldição de quem se arrisca/ As vezes se abre a porta pro futuro Mas cê ta tão acostumado com ela fechada que ta tentando pular o muro/ Ponto. Parágrafo Pensando como seria loko um assalto lá no carrefour/ Seus parça no carro em fuga Sua cara nos procurado Vai dar autografo nos papeis do advogado/ O mundo gira e eu tenho a impressão Que quanto mais se estuda menos se usa a razão/ Os homens são de Marte, mas me sinto de Plutão Pq de onde eu venho os homens se consideram irmãos/ Iguais, eu tenho alguns erros nos meus ombros Os quais cometi na tentativa de acertar/ Mais não quero que ninguém pague por eles, entendeu? Pode ficar com o troco, eu mesmo vou pagar/ Eu mesmo vou me achar nesse caminho de pedras Pelos meus, por noiz, pela voz das quebras/ Que é pra manter a verdade de pé Pq você não tenta ser real, você simplesmente é.../ Ou não, né?!?

nothing at of , which is



14. Rashid - Bom Dia Guerreiro

Rashid - Bom Dia Guerreiro

Bom Dia Guerreiro Bom dia guerreiro, bom dia guerreira... Prazer! Mais um dia vindo, mais um dia lindo CÍ vÍ, mais uma chance de ser mais vocÍ/ O pensamento È: Eu disse Vou Ser Mais, vou ser! Quero jogar, aqui neguinho n„o quer mais torcer!/ T· mais que pronto pro que venha ou possa acontecer J· que cÍ n„o para o tempo, o tempo È que para vocÍ/ E ele mesmo abre as portas N„o quero ·gua sÛ na minha, eu quero È que chova nas nossas hortas/ Progresso pra noiz, progresso pros nossos Progresso pra noiz, progresso pros nossos/ Num È sÛ grana o incentivo VÍ se esquece a morte do Osama e aproveita que cÍ t· vivo/ ” neguim, cÍ t· querendo um bom motivo TÛ neguim, n„o vai ser mais um caso no arquivo/ … com vocÍ que eu to falando, O sol nasce pra todos, mas eu senti que hoje ele t· te chamando/ Vivendo a vida no ˙ltimo volume Sonhando acordado e dormindo sÛ pra n„o perder o costume/ Os mesmos passos e as mesmas calÁadas mano Mas outra vis„o e um bom motivo pra t· caminhando/ Saber pra onde vai È importante, tal qual Saber de onde cÍ veio È essencial/ E n„o h· como negar Essas ruas criam monstros, mas tambÈm criam anjos que podem voar!!!/ Bom dia guerreiro, bom dia guerreira... Trabalhador vai, trabalhador FaÁa frio faÁa calor, muita fÈ no seu senhor, Pai/ Cuidadoso como quem cuida de um bonsai Querendo p„o na mesa, ou um boot da mormaii/ Toda manh„ È um novo nascimento Todo coraÁ„o È um templo/ Todo ser humano tem algo de bom por dentro Todo machucado te ensina a dar valor pro tempo/ Tempo! Eu n„o falo sobre ponteiros Eu falo sobre vida, falo sobre parceiros/ Verdadeiros como os poucos valores daqui Se o dinheiro fala, È sÛ com quem quiser parar pra ouvir/ As esquinas cochicham, alguns muleques pixam PÈ firme nesse ch„o.../ A vida È paix„o mano, Sabe o que È amor? Isso vai alÈm do que se faz num colch„o mano!/ Vivendo a vida no ˙ltimo volume Mesmo que o mundo acabe, que vocÍ continue imune/ Encara o espelho novamente, ent„o Se sinta mais, se sinta mais bonito, por que n„o?!/ Se a milh„o, se sinta o patr„o Se sinta a patroa, todo o poder na m„o/ J· se sentiu, sumemo tio, Agora que o plano t· feito, t· na hora da aÁ„o!!!/ Bom dia guerreiro, bom dia guerreira..

nothing at of , which is